quem somos

A Sara Nossa Terra nasceu em Brasília-DF, em 1992, movida por uma palavra profética de Deus e pela visão de SARAR A NOSSA TERRA. Seus fundadores, bispos Robson e Lúcia Rodovalho, acreditam que a missão da igreja é: -fazer de cada pessoa um cristão, de cada cristão um discípulo, formar líderes, multiplicando a pregação do Evangelho através da abertura de novas igrejas.

A origem do nome da igreja consolidou-se por revelação recebida pelos Bispos fundadores, baseada na passagem de 2º Crônicas 7:14: “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar (…), então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra”.

A igreja conta com a comunicação da TV Gênesis, que leva uma programação cristã aos lares brasileiros, e com a Rádio Sara Brasil FM que promove a música gospel em vários estados brasileiros.

Em 1994, debaixo de um chamado de Deus, os Bispos Cirino e Vânia Ferro se mudaram de Campo Grande para Curitiba a fim de iniciar a Comunidade Evangélica Sara Nossa Terra na cidade. De lá pra cá, a igreja cresceu tendo alcançado milhares de vidas para Jesus, formando centenas de líderes, e coordenando a emissora Sara Brasil Fm, na cidade.

 

Lutas e conquistas na missão de sarar Curitiba

Comunidade Evangélica Sara Nossa Terra na capital paranaense

O ano era 1994. O propósito da visita à capital paranaense era apenas participar de um culto de quebra de maldição. O então dirigente da Comunidade Evangélica Sara Nossa Terra de Campo Grande (MS), Bispo Antônio Cirino Ferro, acompanhava na viagem o presidente da igreja, Bispo Robson Rodovalho. Mas, ao final da conferência, veio a direção: deixar o Mato Grosso do Sul e abrir o primeiro templo da Sara Nossa Terra na capital do Paraná.

“Eu e minha esposa sempre comentávamos que gostaríamos de morar em Curitiba depois de nos aposentar. Mas Deus nos queria nesta cidade para trabalhar”, relembra Bispo Cirino. Ao lado da Bispa Vânia Ferro e os três filhos, o líder aceitou o desafio.

Com uma equipe de 30 pessoas, entre elas, pastores e membros da Sara Nossa Terra da região Centro-Oeste, Bispo Cirino desembarcou em Curitiba. As primeiras reuniões aconteceram em hotéis da cidade. Além dos cultos, iniciou-se um forte evangelismo. “Tivemos que lutar contra histórias que ouvíamos de que o povo curitibano era duro, frio e avesso ao Evangelho. Mas desenvolvemos um carinho pelas pessoas desta cidade. E valeu a pena! Em pouco tempo conquistamos o primeiro marco da história da igreja em Curitiba: o aluguel e a reforma do antigo Cine Glória, na Praça Tiradentes, que se tornou sede da Sara Nossa Terra na capital do Paraná”, conta o Bispo.

A época foi marcada por muitos eventos de evangelismo. Artistas consagrados do meio gospel e preletores de todo o Brasil e exterior passaram pela igreja. “Fazíamos quebra de maldição, tínhamos programa na TV, enfim, buscávamos várias estratégias para cumprir o propósito pelo qual Deus nos enviou para cá”, lembra.

Conquistando novos montes

Do Centro da cidade, a estrutura da igreja se mudou para o bairro Água Verde. E foi, em 2002, no salão na Rua Amazonas, que a Sara Nossa Terra passou pela implantação da estratégia celular. “As células de evangelismo e a formação de líderes casaram com a visão que já tínhamos de sarar esta nação, ganhando o perdido, formando-o um discípulo de Jesus capaz de reproduzir a mensagem de Cristo para outras pessoas”, afirma Bispo Cirino Ferro.

Dois anos depois da abertura das primeiras células, a igreja cresceu e foi buscar um novo templo. O local escolhido foi a Avenida Presidente Kennedy, uma das mais movimentadas da cidade. “A transição para um ponto de maior visibilidade foi muito importante dentro do projeto que temos para Curitiba. Considero essa mudança fundamental para alcançarmos nossos planos de ganhar o maior número de vidas para Jesus”, avalia.

A marca do Reino de Deus

Atualmente, a Sara Nossa Terra ocupa lugar entre as igrejas evangélicas que, de fato, trazem o Reino de Deus para o país, que têm poder de multiplicação e influência na mudança de padrões morais e éticos da sociedade. Além da sede em Curitiba, por onde passam semanalmente cerca de mil e quinhentas pessoas, a igreja tem outros templos na região metropolitana: Almirante Tamandaré, Pinhais, Araucária, Piraquara, Tatuquara (bairro) e São José dos Pinhais. E o Bispo Cirino Ferro garante que os planos não param por aí.

Em cinco anos, o objetivo é ganhar vidas, formar líderes e levantar os recursos necessários para ter uma igreja com 10 mil membros comprometidos com o Reino de Deus. Outro projeto é a implantação da Rede Gênesis de Televisão.

“A Sara Nossa Terra entende sua missão. Quando vamos buscar pessoas que estão no mundo, temos que criar um ambiente que as ajude a vir para igreja como estão. Cremos que o poder de Deus pode transformá-las. Por isso, estamos prontos para receber quem seja,  santo ou pecador. A partir do momento que passam a freqüentar nossos cultos e células, iniciamos um trabalho de ensino segundo padrões bíblicos de moral, ética e santidade para que, assim, se tornem verdadeiros discípulos de Jesus. Felizmente, Deus tem nos guardado e não temos afrouxado princípios porque cremos na Palavra que nos alerta que sem santificação ninguém verá o Senhor. Estamos comprometidos verdadeiramente a ajudar na restauração de indivíduos e famílias, colocando-os no propósito de Deus. Assim, poderemos sarar nossa nação”.